BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

domingo, 23 de maio de 2010




Eu gostava dele de uma maneira irracional, como se eu não tivesse nada melhor pra fazer e aí, resolvi descobrir todos os mistérios que ele insistia em esconder no meio de tanta seriedade. Eu não sabia sua cor preferida nem seus defeitos. Não sabia o que ele pensava sobre o amor e a vida. Eu não sabia nada. Mas eu podia passar o resto dos meus dias, olhando para aqueles olhos castanhos, sentindo o cheiro que ele deixava marcado na minha pele e na minha vida.

Confesso que ele não tinha nada de muito fantástico e eu mal sabia sobre a sua vida. Me limitei e me conformei com o pouco que ele me oferecia. Era um cara de vinte e poucos anos, cheios de sonhos e muita força de vontade. E por baixo de toda aquela armadura que ele insistia em vestir, existia o cara dos meus sonhos. Ele sabia exatamente como me manter, cada vez mais, apaixonada e dependente. Ocupava tanto os meus pensamentos que sequer tive tempo de recuar e usar meu lado racional. Ele despertou o meu melhor lado, o sonhador.

Ele me fez o melhor carinho do mundo, com as mãos e as palavras. E quando eu achava que não era possível ser mais feliz, ele me surpreendia novamente. Pra que usar o lado racional, se o destino cuidava se tudo para mim? Contei para ele todos os meus segredos e sonhos mais bobos. Eu quero casar na igreja, ter dois filhos, viajar para Paris, ser feliz para sempre e... e ele foi embora.

Ambos sabíamos que nunca daria certo, mas o que ele tinha de força de vontade, eu tinha de persistencia. Acreditei, até o último segundo, que ele seria meu e confesso que pensei inúmeras vezes em jogar tudo pro alto, só para seguir seus passos. Eu quis abrir mão da minha felicidade e me sabotei, todas as vezes, que insisti que só ele me bastava. Ele, um completo desconhecido, que não sabia nada de mim e nem eu, dele. E eu o amei mais do que a mim mesma. Sem freios, medidas ou razão. E ele foi embora. Sem explicações, porquês ou afins.. Só levando o meu coração.

7 comentários:

LSR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LSR disse...

Nossa, vou ter q te elogiar mais uma vez! rsrs

E lendo esse texto, me fez pensar em tanta coisa... e uma delas foi o fds maravilhoso q eu passei com uma pessoa.
" Eu não sabia sua cor preferida nem seus defeitos. Não sabia o que ele pensava sobre o amor e a vida. Eu não sabia nada. Mas eu podia passar o resto dos meus dias, olhando para aqueles olhos castanhos, sentindo o cheiro que ele deixava marcado na minha pele"
"Ele me fez o melhor carinho do mundo, com as mãos e as palavras. E quando eu achava que não era possível ser mais feliz, ele me surpreendia novamente"

hehehehe
uma otima semana p vc!
beijo!

Alê Onofri disse...

me identifiquei muito até chegar no finzinho.. sorte minha que ele não foi embora (ainda)! haha ;)

beijão querida! ótima semana pra vc!

Amanda Guimarães disse...

"Eu quero casar na igreja, ter dois filhos, viajar para Paris, ser feliz para sempre e... e ele foi embora. "

MARAVILHOSO.
Como gostei desse texto, amiga.
Explica direitinho toda sua intensidade.

;)
LINDO

' JESSICA LOUREIRO - disse...

Esses sonhos aí, nem são parecidos com os meus não, po :)
enfim, seus, seus, seus textos são lindos!
E como você pode gostar tanto de uma pessoa, sem ao menos ser correspondida? É a vida, sempre ela.
Enfim, beijos beeijos thais :*

Daniela Filipini disse...

Sofrimento, quando é visto através das palavras, torna-se lindo!

Luane Mello disse...

Amiga, promete sofer por amor pra vida toda, só pra escrever esses textos maravilhoso? Beijos

Amo Você!